Travassos

quarta-feira, abril 05, 2017

Manuel Augusto Pereira e Cunha

o pereira de atei, diz-se que poderia ter mudado a história de Portugal, este senhor, natural da casa de barreiros em atei onde nasceu no dia 15 de outubro de 1855 teve uma vida bastante preenchida. depois de estudar em coimbra foi eleito deputado nas listas do partido regenerador pelo circulo de cabeceiras de basto, depois foi administrador dos concelhos de mondim de basto e de vila real, mais tarde governador civil de vários distritos acabando no de lisboa em 1901. terá sido durante o período em que foi governador civil de lisboa que iniciou uma forte amizade com a família real, foi agraciado pelo rei com duas comendas e recebeu vários convites para ministro que sempre declinou, em 1903 o rei de Inglaterra, eduardo VII, de visita a Portugal concedeu-lhe o titulo de sir. em dezembro desse mesmo ano abandonou tudo e seguiu para o Egipto onde presidiu ao tribunal internacional de Alexandria, foi já no Egipto que teve a noticia do regicídio e da célebre frase da rainha - se o pereira cá estivesse não tínhamos feito esta viagem. faleceu na sua casa de barreiros em 19 de janeiro de 1937. a ligação mais recente com travassos era através do meu tio nelo de Paradança, seu segundo primo.

segunda-feira, fevereiro 20, 2017

20 anos ... e 17 dias

segunda-feira, outubro 10, 2016

escravos

na freguesia do bilhó não encontrei qualquer registo de escravos, nas freguesias vizinhas só encontrei dois, um em atei e este em vilar de ferreiros que aparece neste registo. " aos três dias do mês de fevereiro de mil setecentos e quarenta e três nesta igreja de sam pedro de villar de ferreiros dadas primeiro as três canónicas admoestações na forma do sagrado concilio tridentino e constituições deste arcebispado eu manoel paulo da silva pereira abbade desta igreja por comissão que tive do excellentissimo e reverendissimo senhor dom eugenio botto da silva bispo de ... e provisor deste arcebispado assisti ao matrimonio que entre si celebrarão euzebio henriques natural de sam miguel de cabo verde e catarina machado natural das minas gerais ambos escravos de anna da costa viúva de francisco machado moradora no lugar de villarinho desta freguesia aos quais contraentes nam resultou impedimento e tiveram as bençoens nupciais foram testemunhas costodio pereira da rocha morador neste lugar de villar de ferreiros francisco pires e manoel alvares ambos do lugar de villarinho os quais aqui assignaram..."

sábado, agosto 13, 2016

expostos

os expostos eram crianças abandonadas, por diversas razões: -não ter sido uma criança desejada -por ser fruto de uma relação ilícita (incestuosa, adultério, homem da igreja, etc) -mal formção da criança -incapacidade económica dos pais. estas crianças eram deixadas na roda, na freguesia do bilhó não havia, por isso nesta freguesia os bébés eram deixados à porta de alguém a coberto da noite. aqui podemos ver o registo de batismo de felicidade que diz o seguinte: felicidade de S. clemente, apareceu exposta na noite passada em o lugar de travassos desta freguesia do santissimo salvador do bilhó, e hoje vinte e três de novembro de mil oitocentos e vinte e oito foi por mim abade bernardo josé correia de carvalho solenemente batizada com todas as cerimónias do ritual romano, santos oleos, segundo as diocesanas constituições: forão padrinhos antonio gonçalves viuvo de baixo, e sua filha ana teixeira do dito lugar, e para constar fiz lançar o presente termo que assino era supra

terça-feira, abril 05, 2016

Invasões Francesas

A segunda invasão francesa começou pelo norte de Portugal, de onde não passou, tanto os invasores como os nossos que se sacrificaram para defender o território andaram pelas nossas serras. a imagem acima é de um assento de óbito de um desses que perdeu a vida a defender a nossa terra. "aos vinte cinco de maio de 1810 no sitio do eirado de Manoel Afonço deste lugar e freguesia de S. João Baptista de Limãos faleceu de um tiro de bala um soldado miliciano do regimento de lamego chamado João Ferreira Dias, segundo me informaram os camaradas que vinham com ele, e que era oficial de sapateiro de um lugar chamado a forca ao pé da senhora da lapa e morreu sem sacramento algum... por se disparar a um camarada a arma e dar-lhe na cabeça o tiro... foi enterrado dentro da igreja no dia vinte seis do dito mês e ano"

segunda-feira, março 07, 2016

documentário da rtp sobre o parque do alvão - 1983

quarta-feira, fevereiro 03, 2016

19 anos

quarta-feira, setembro 02, 2015

Pioledo

"Joaquim Martins marido de Madalena Gonçalves de Faria do lugar de Pioledo desta freguesia do santissimo salvador do Bilhó, faleceu da vida presente,afogado, achando-se a nadar em um pequeno poço que está acima da ponte do dito povo de Pioledo, aos nove dias do mês de agosto de 1847. não teve sacramento algum, nem testamento. seu corpo depois de ter sido extraído da água foi examinado pelas autoridades civis e competentes, no dia onze do dito mês e neste mesmo dia foi conduzido a esta igreja, e nela sepultado, sem outro oficio mais do que sepultura. e para constar fiz este termo na ausência do reverendo abade doutor João Martins Machado. santissimo salvador do bilhó 11 de agosto 1847 padre Luis Teixeira Coelho Teles

segunda-feira, junho 08, 2015

Guerra 14-18

alguns dos nossos conterrâneos também foram convocados para ir combater na I grande guerra, alguns voltaram outros ficaram por lá. este francisco da costa peixoto natural de ermelo foi um dos que sucumbiu em combate, faleceu em frança a 2 de agosto de 1918, era soldado do 4º grupo de baterias de artilharia, regimento de artilharia 20. encontra-se sepultado em França, Cemitério de Richebourg l`Avoué, Talhão C, Fila 15, Coval 6

sábado, abril 04, 2015

antigamente também acontecia...

assento do falecimento de maria teixeira, casada que foi com antonio marques machado deste lugar e freguesia de são joão baptista de limões, faleceu da vida presente só com o sacramento da extrema unção e foi absolvida subconditione e não recebeu os mais em razão de um doido e furioso lhe dar uma ou mais pancadas na cabeça que lhe tirou os sentidos e delas faleceu aos 3 de agosto de 1819. foi sepultada dentro desta igreja aos quatro do dito mês e ano, não fez testamento e por ser verdade lhe fiz este termo que assinei era et supra. o vigário manoel teixeira machado mais à frente: agostinho, solteiro filho legitimo de antonio teixeira dias deste lugar de limões...faleceu por lhe darem uma pancada na cabeça que lhe tirou o ouvir e o falar e dela morreu aos 21 de agosto de 1826...

terça-feira, fevereiro 03, 2015

18 anos

segunda-feira, dezembro 01, 2014

1853

através do pagamento da décima podemos chegar aos lavradores mais importantes de travassos em 1853. eram os seguintes e os respectivos valores pagos à câmara de ermelo: -pedro antonio gomes (casa do pregomes) 1:900 reis -josé da cunha de carvalho (casa do cunha) 2:050 reis -luis carlos martins (casa da chouza) 1:050 reis -serafim henriques (penso que era da casa onde vive o meu tio antonio) 840 reis -bento gonçalves da costa (casa do lamas de olo) 3:340 reis -antonio martins pombeiro (casa de pombeiro) 1:000 reis -manuel gonçalves carvalho (da charneca) 1:100 reis -francisco teixeira 1:020 reis -antonio martins capella 860 reis -antonio martins teixeira 1:200 reis -antonio gonçalves de baixo (casa do quarto) 920 reis -antonio josé rodrigues (casa do carlos) 1:360 reis -manuel joaquim ribeiro (casa da eira) 1:380 reis no bilhó o principal contribuinte foi: -belchior correia moreira (penso ser da casa do capitão) 2:600 reis

domingo, setembro 28, 2014

Inquirição de Génere

As inquirições de génere consistiam em autos contendo interrogatórios ao habilitante, e recolha de informações junto de testemunhas e entidades oficiais. Eram averiguados a legitimidade de nascimento e a linhagem, com vista a provar a condição de cristão-velho e a "limpeza de sangue". A inquirição era efectuada por uma comissão designada pelo Cabido, encabeçada por juizes. Esta foi a inquirição do meu trisavô Pedro Antonio Gomes de Moura Machado:
que pode ser consultada aqui foram ouvidas testemunhas na freguesia do bilhó e na freguesia de cerva, de onde era natural a mãe do pedro.

sexta-feira, julho 18, 2014

José Alves Diniz

cartão de imigrante de José Alves Diniz, filho de Alberto Alexandre Alves Diniz, de Limões, e de Luisa Martins Pombeiro, de Travassos, neto pela parte paterna de Bento Alexandre Jorge e de Maria Vitorina da Conceição Diniz, bisneto pela parte paterna de José Alexandre Jorge e de Eugénia Fontes e de José Alves e Joaquina Alves Diniz.

segunda-feira, fevereiro 03, 2014

17 anos

sexta-feira, dezembro 20, 2013

Manuel Joaquim Alves de Moura

cartão de imigrante de manuel joaquim alves de moura (do ribeiro), filho de agostinho alves de moura e de angelina ribeiro peixoto, neto paterno de antonio alves de moura e de balbina gaspar (vila chã) e materno de augusto alves de moura e de maria engracia ribeiro peixoto (campanhó).

domingo, novembro 03, 2013

Manuel Joaquim Fraga

cartão de imigrante de manuel joaquim fraga, filho de josé joaquim fraga, das covas, e de lucinda martins machado, neto pela parte paterna de antonio fraga peixoto e emilia silva machado e pela materna de manuel martins machado e maria josé simões.

segunda-feira, julho 08, 2013

ti emilia pereira

encontrei o registo de nascimento da ti emilia pereira. " aos 20 dias de junho do ano de 1910, nesta igreja paroquial de salvador do bilhó, concelho de mondim de basto, arcebispado de braga, baptizei solenemente um individuo do sexo femenino a que dei o nome de emilia e que nasceu no lugar de travaços desta freguesia pelas onze horas da noite do dia 15 do dito mês e ano filha legitima primeira deste nome de julio pereira e de preciosa teixeira, naturais desta freguesia, caseiros, aqui recebidos e moradores no lugar de travaços, neta paterna de maria pereira, materna de inácio teixeira e ana gonçalves machado. foram padrinhos bento teixeira machado, solteiro e emilia gomes, casada ambos do lugar de travaços os quais todos sei serem os proprio. e para constar lavrei em duplicado este assento que depois de lido e conferido perante os padrinhos assino só por os padrinhos não saberem escrever. era ut supra"

quinta-feira, abril 04, 2013

Maria Angelina Alves Diniz

cartão de imigrante de maria angelina alves diniz, filha de alberto alexandre alves diniz, limões, e de luisa martins pombeiro, neta materna de francisco martins pombeiro e de maria joaquina gonçalves, esta do bilhó. bisneta de antonio josé martins pombeiro e maria rosa teixeira e pela parte da avó bisneta de manuel joaquim gonçalves e de ana alves de carvalho.

Carolina Alves

cartão de imigrante de carolina alves ( do canto ), filha de josé alves, fervença, e de florinda ribeiro, neta paterna de manuel alves e inácia gonçalves, ambos da fervença, e neta materna de luis ribeiro e de maria joaquina da cunha. era irmã de daniel alves, antonio alves ( pai da emilia do canto ), luis alves, elisa alves e ana alves.

sábado, março 30, 2013

Manuel Pereira

cartão de imigrante de manuel pereira, irmão da ti emilia pereira, filho julio pereira e de preciosa teixeira machado, neto paterno de antonio manuel gonçalves e de maria joaquina pereira e materno de inácio teixeira e de ana gonçalves machado.

quarta-feira, março 20, 2013

Luis Ribeiro Machado

cartão de imigrante de luis ribeiro machado ( do carlos ), casado com arlinda martins machado, filho de antonio ribeiro machado e de conceição rodrigues queiroz, neto paterno de ricardo gomes de moura machado e de joaquina ribeiro e neto materno de antonio josé rodrigues queiroz e de maria gomes de moura machado.

quarta-feira, fevereiro 06, 2013

16 anos

quarta-feira, janeiro 16, 2013

escritura em cerva, 20 de fevereiro 1879

escritura de compra dos antigos paços do concelho de cerva por parte do meu tetravô, josé antonio alves da costa da casa da igreja. teve lugar na camara de ribeira de pena com o presidente da camara de então alvaro xavier vahia de carvalho da casa do matto, freguesia de salvador.
casas sitas na praça de cerva que serviram de paços do extinto concelho de cerva que confrontam do nascente e do norte com estrada publica, poente e sul com terra da casa do paço vedro, foram vendidas por 202.000 reis.

domingo, dezembro 16, 2012

Arlinda Martins Machado

cartão de imigrante de arlinda martins machado (do picota), casada com luis ribeiro, filha de francisco martins machado e de isaura teixeira da cunha, neta paterna de manuel pinto borges (mondim de basto) e de maria martins machado e neta materna de josé teixeira da cunha e de isabel alves machado (paradança).

Antonio Ribeiro de Moura

cartão de imigrante de antonio ribeiro de moura (do ribeiro), filho de agostinho alves de moura e de angelina ribeiro peixoto, neto paterno de antonio alves de moura e de balbina gaspar (vila chã) e materno de augusto alves de moura e de maria engracia ribeiro peixoto (campanhó).

quarta-feira, novembro 14, 2012

Joaquim Ribeiro

cartão de imigrante de joaquim ribeiro (da casanova), filho de bonifácio ribeiro e de emilia rosa gomes, neto paterno de luis ribeiro e maria joaquina da cunha e materno de antonio joaquim gomes e ana maria da silva estes de atei.

Manuel Rodrigues Queiroz

cartão de imigrante de manuel rodrigues queiroz, filho de antonio josé rodrigues queiroz e maria gomes de moura machado, neto paterno de carlos rodrigues silva e de teresa de jesus rodrigues queiró e neto materno de pedro antonio gomes de moura machado e de balbina rosa henriques. o meu avô fez esta viagem ao brasil para vender os bens de justiniano martins machado imigrante na cidade do recife, pernambuco, como procurador da sua familia cá em portugal.

quarta-feira, outubro 03, 2012

casa do "quarto"

esta era uma casa importante em travassos, pertenceu a uma familia gonçalves, os registos mais antigos que tenho são do inicio do séc. XVIII com um antonio gonçalves e sua esposa domingas gonçalves, tiveram dois filhos o manoel que terá ficado na casa do quarto e a maria que casou com antonio martins de lamas d'olo em 13 de janeiro de 1762 e terá ficado com a casa onde agora funciona o café. prosseguindo com a casa do quarto, o manoel casou com teresa teixeira ou teresa jorge e deste casamento nasceram seis filhos, dois deles emigraram para o brasil (josé e bento, o josé foi estudante em coimbra antes de partir para o maranhão), a maria casou com antonio martins gomes, a ana casou em vilarinho no bairro das cabaninhas, o manoel foi reverendo prior em assumar e por fim temos o antonio gonçalves de baixo (provavelmente porque da parte de cima da rua havia outro antonio gonçalves, nome muito comum em travassos na altura).
este antonio nasceu em 1772, casou com maria ribeiro natural da anta, foi administrador do concelho de ermelo em 1836, este casal gerou quatro filhos, a maria joaquina casou na casa do cunha em 1819, a ana casou com antonio borges de adoria e ficaram a viver em travassos, a balbina casou em bormela e por fim o felizardo que casou com maria gonçalves diniz (macieira 1807-1889) em 1826 e continuou a viver na casa do quarto. este ultimo casal teve três filhos o antonio que não deixou geração, a teresa que casou com manoel joaquim de sousa em 1860 e o manoel gonçalves teixeira que casou com ana joaquina ribeiro peixoto de campanhó, a casa pertenceu a este casal que criou dez filhos um desses filhos foi engrácia gonçalves teixeira (1861-?), mãe da ti elvira e do guilhermino da charneca pai da ti rosalina. penso que a casa terá pertencido a felizardo gonçalves teixeira (1851-1942) casado com maria sousa (1856-?), não teve geração,  que terá doado à familia que hoje lá habita.

quinta-feira, junho 07, 2012

casa da "chouza"

a casa conhecida como casa da "chouza" pertencia há 200 anos ao padre manoel martins gomes (1767-1837) que assinava manoel martins gomes travaços, era padre secular, ao que julgo saber seria um padre sem paroquia atribuida, foi juiz da irmandade das almas da freguesia do bilhó no inicio do século XIX. a casa terá ficado para o seu irmão antonio martins gomes (?-1849) e depois para o filho deste luiz carlos martins teixeira (1814-1890) casado com luiza machado (marcozelo 1819- travassos 1892)
deste casal terá passado para manoel martins machado (1852-?) e maria josé simões (1854-?) e deste casal para um dos filhos que foram antonio martins machado (1886-1972), justeniano martins machado (1879-1883), albino martins machado (1882-?), lucinda martins machado (1888-?), justa martins machado (1891-?) e justeniano martins machado (1884-?brasil). penso que a casa terá sido herdada pela justa e depois pelo albino, agora 200 anos depois volta a pertencer a um padre, ironias do destino.

quarta-feira, abril 25, 2012

capela do covelo

esta escritura para a construção da capela do covelo em invocação a s. brás foi feita em 4 de junho de 1825 por alguns habitantes daquele lugar, a saber:
josé gonçalves quinchouzinho, antonio gonçalves lage, bernardo gonçalves, engrácia gonçalves da silva e antonio luis diniz.

segunda-feira, fevereiro 27, 2012

fisgas de ermelo

freguesia de Atei

segunda-feira, fevereiro 13, 2012

leilão das carnes

sexta-feira, fevereiro 03, 2012

15 anos

sexta-feira, janeiro 20, 2012

senhor alberto e irmão

sexta-feira, dezembro 16, 2011

as vacas


estes animais sempre foram a base da economia de travassos e eu tenho-me esquecido de lhes prestar a merecida homenagem. aqui fica.

quinta-feira, dezembro 08, 2011

antonio martins gil

esta placa que se encontra na igreja de salvador do bilhó é uma homenagem ao que penso ser o maior benfeitor desta capela, antonio martins gil, natural do lugar do bilhó e sargento-mor no brasil no final do século XVIII. em 9 de maio de 1795 o dito antonio envia uma carta de ordens com o que deve ser feito com os cinco mil cruzados enviados por ele do brasil. entre outras ordens estão um dote de casamento de cem mil reis para vinte mulheres pobres desta freguesia; doação à senhora da graça; doação à senhora do pilar; doação ao senhor de matosinhos, alem destas e outras doações mandou dizer dez mil!!! missas.

sábado, outubro 15, 2011

juiz ordinário

entre 1785 e 1794 o juiz ordinário da vila de ermelo seria nomeado entre as pessoas mais importantes que residiam no concelho, esse habito já devia existir antes, eu é que ainda não consultei os livros notariais anteriores a essa data. da lista de juizes consta:
pedro gomes machado - casa do pregomes, travassos
antonio josé da silva
manoel bernardes - ermelo
antonio rodrigues - casa do carlos, travassos
boaventura mourão
depois de 1794 os livros passaram a ser assinados pelo corregedor da comarca, tenho registos de luiz josé aleixo, antonio luiz coelho, josé carlos de morais e antonio roberto araujo ( este era juiz de fora de vila real ) penso que nenhum fosse originário do concelho.

pedro gomes machado

este meu quinto avô foi juiz ordinário do extinto concelho de ermelo, como se pode ver nesta imagem em que o dito dá comissão a josé peixoto para rubricar e numerar o livro que há-de servir para o tabelião utilizar durante o ano de 1786.

sexta-feira, setembro 23, 2011

assinaturas

estas são as assinaturas de uma escritura de dinheiro emprestado a juros pela igreja do bilhó ao capitão em agosto de 1786. a primeira assinatura é do tabelião da vila de ermelo, josé pinheiro de carvalho, depois a esposa do capitão, dona monica maria domingues correia, a seguir o capitão belchior josé correia ribeiro moreira, seguido do primeiro fiador josé machado, do segundo fiador manoel martins, depois em representação da irmandade da igreja do bilhó joão de queiroga fraga e por fim as testemunhas, ignácio pinheiro, estudante filho do tabelião e paulo meireles, filho de josé meireles.

quinta-feira, setembro 01, 2011

calceteiros

encontrei uma escritura de 2 de abril de 1853 com a autorização dada pelos pais para os seus filhos poderem emigrar para o rio de janeiro,  onde são esperados por joaquim correia ferreira,  para quem vão trabalhar como calceteiros durante pelo menos 3 anos. são todos do antigo concelho de ermelo.

quinta-feira, agosto 25, 2011

escritura de dote de casamento - macieira

antigamente era assim, escritura de dote de casamento que fazem josé bernardo gonçalves geiroto e sua mulher delfina thereza teixeira a seu sobrinho josé antonio gonçalves geiroto e sua futura esposada maria joaquina, todos do lugar de macieira julgado de cerva. 28 de abril de 1845.
do dote consta entre outras coisas a vessada do barrio que parte com a propriedade de josé antonio gonçalves queiró; a vessada do gestal, etc.

terça-feira, agosto 09, 2011

afinal travassos está vivo!

sábado, julho 23, 2011

aos amigos

... meus amigos, os vivos e aqueles que morreram, ou antes, não morreram, só não puderam vir hoje, logo à noite ou amanhã telefonam e estarão no sitio em que combinámos, sem falta, e a gente a abraçar-se às palmadas nas costas.

a. lobo antunes, visão 21 de julho 2011

sábado, junho 04, 2011

o povo e a musica 1975

programa da rtp 1975 - cantar ao desafio e jogo do pau
para os mais velhos se recordarem de como era a zona de basto há 36 anos atrás.

sexta-feira, maio 20, 2011

Apelidos

Na revista sábado desta semana:
"O hábito de dar um segundo nome aos filhos tornou-se comum desde cedo. No Séc. XII , nalgumas regiões, 65% das pessoas recebiam um patronimico, que os ligava ao pai. Se ele se chamava Afonso, os filhos chamar-se-iam Domingos Afonso, Maria Afonso ou Catarina Afonso, por exemplo. Assim distinguiam-se das outras pessoas e firmavam a sua relação à familia. Os apelidos só se estabeleceram mais tarde. Os Sousa, pelo prestigio, terão sido os primeiros a recorrer a essa prática, embora não tenham baptizado todos os filhos da mesma forma."
São exemplos:
Henrique - Henriques; Vasco-Vasques; Rodrigo-Rodrigues; Antonio-Antunes.

domingo, abril 10, 2011

o meu trisavô do pregomes

este é o registo de baptismo do meu trisavô do pregomes, pedro antonio gomes, nasceu em 27 de junho de 1812 e faleceu a 26 de abril de 1876. estudou no seminário de s. pedro em braga, teve inquirição de génere 620, processo 14511 de 22 de fevereiro de 1831 também em braga. o padrinho foi o paroco da freguesia do bilhó que era originario da casa que depois foi do doutor.

sábado, março 05, 2011

bicesse, 3 de fevereiro de 2011

...temos falado pouco ultimamente, estou aqui sentado no nosso sofá a descansar , acabei agora de montar a nova mesa para a nossa cozinha, elas agora vêm aos pedaços. penso que ainda não lhe tinha dito, mudámos a cozinha, moveis de carvalho, novo frigorifico, fogão, forno, mesa e cadeiras, tudo novo. a parte das obras, pavimento, electricidade, paredes foi feita pelo senhor lago, lembra-se? aquele do "deixe estar a boina" (porque ele é careca), o que eu me ri sozinho. ficou tudo muito bonito, faltava a mesa e as cadeiras, fui hoje comprar com a elsa e já estão no sitio.
hoje vamos fazer um jantar cá em casa, a mãe, a elsa, a bárbara (está linda, anda na musica, que ela adora, ia adorar conhece-la) e o tomás (tem tido alguns problemas na escola, não sei a quem sairá assim, deve ser ao miro), a mãe vai fazer um dos velhos petiscos, está bonita a mãe.
agora sentam-se todos à mesa, a velha, do vassoureiro, já foi para o lixo. não quer dar cá um pulinho para matar saudades e ver os miudos? como estão grandes (o tomás já me passou), ia ser tão bom. se não o deixarem vir um beijo e um abraço forte. prometo continuar a mandar-lhe noticias, afinal de contas é por si que fiz este blog.
miro

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Capitão do Bilhó

já consegui encontrar alguns dos familiares directos do dono da casa do capitão.
belchior josé correia ribeiro moreira terá nascido no inicio do século XVII, casou com monica maria correia que penso ser natural de ribas, celorico de basto. tiveram pelo menos quatro filhos, o alferes joaquim josé correia moreira que casou com maria rosa ribeiro da anta em 27 de julho de 1794, deste casal tenho registo de três filhos, leonardo, luisa que casou com antonio fraga de queiroga do bilhó e leonarda que casou com joaquim martins de carvalho do lugar das covas em 9 de maio de 1813. deste ultimo casal tenho registo de cinco filhos, feliciana, balbino, antonio, belchior que casou com ana da cunha correia lousada de atei em 16 de maio de 1838, e josé correia moreira que casou com libania da silva, deste casal tenho registo de onze filhos, antonio que casou com margarida gomes em 1882, joaquim, ermelinda, amelia, maria que casou com antonio moreira, serafim, cesar, rosa, felismina, candida que casou com antonio oliveira pimenta em 1888 e teresa, todos estes têm o apelido de correia moreira.
continuando com os filhos do capitão segue-se a severiana claudina correia moreira que casou no bilhó em 10 de julho de 1797 com manuel da costa aranha de borbela, depois temos o juiz antonio josé correia moreira que casou em alvelos com maria luisa pinto coelho com pelo menos quatro filhos, uma filha, joana correia moreira, faleceu no bilhó em abril de 1816.
por ultimo tenho registo de um sebastião correia moreira que penso ser padre, com inquirição de genere em braga com o numero 9958 de 25-07-1777.
para chegar até aos nossos dias preciso de ajuda de quem tenha conhecimento sobre as pessoas que nasceram no inicio do século XX

sábado, novembro 20, 2010

site da camara municipal de mondim de basto

segunda-feira, outubro 11, 2010

capitão belchior ribeiro

neste momento estou a pesquisar o lugar do bilhó. procuro descendentes do capitão belchior josé correia ribeiro, proprietário da casa do capitão. um filho deste capitão casou em alvelos (barcelos) era juiz de fora provavelmente no concelho de cerva (esta informação foi retirada do nobiliário de felgueiras gayo como se pode ver na imagem ao lado).
se alguém precisar de alguma informação do bilhó aproveite agora.

terça-feira, agosto 24, 2010

madrinha emilia

a dona emilia dias nasceu no bilhó, casou em travassos com felizardo sousa ribeiro, na casa da minha mãe é conhecida por todos como a madrinha. os pais da madrinha foram manuel dias teixeria pinto e conceição martins de carvalho, o manuel era filho de antonio dias teixeira pinto e teresa dias (alvadia), a conceição era filha de serafim martins de carvalho (vilarinho) e de emilia alves teixeira. aquele antonio era filho de placido dias teixeira pinto (celorico de basto) e de julia correia da costa, a teresa era filha de manuel josé dias (alvadia) e de benta maria fernandes (alvadia). o serafim era filho de manuel joaquim martins de carvalho (vilarinho) e de antonia maria gonçalves (vilarinho) e a emilia era filha de luis alves de meireles e de maria joaquina teixeira.
penso que a madrinha emilia é a habitante mais idosa de travassos.

ps. não tenho nenhuma fotografia da madrinha emilia. encontrei esta do casamento da alice.

sexta-feira, julho 09, 2010

roteiro da revista visão

a visão publica esta semana um roteiro sobre o norte de portugal, na secção restaurantes aconselha o caneiro no lugar do caneiro - arco de baúlhe, já experimentei e gostei. aproveito para aconselhar em mondim o ramos e o transmontano.
na secção de locais a visitar, o normal... fisgas de ermelo, santuário de nª sra da graça, museu interpretativo do linho (ribeira de pena) e pena aventura park.

segunda-feira, maio 31, 2010

pedro antonio gomes de moura machado

o meu trisavô do pregomes parece que chegou mesmo a exercer, nesta fotografia pode ver-se um registo de casamento em que ele assina como padre. por outro lado parece um pouco dificil pois em 1831 ele tinha só 19 anos, penso que ele nesta altura seria seminarista. a futura esposa e minha trisavó tinha nascido há pouco tempo -1830.
o senhor que aparece neste registo de casamento - francisco gonçalves machado -é antepassado da ti emilia pereira e do pessoal do vale da costa, não com esta esposa que morreu sem ter filhos mas com a segunda mulher, maria vitória moreira.
ps. já me esquecia as testemunhas são meus antepassados da casa do pregomes, o francisco gomes, pai deste pedro e o antonio rodrigues da casa do carlos

sábado, maio 29, 2010

casa da igreja de cerva

enquanto espero que me enviem uma fotografia dos ultimos habitantes desta casa deixo aqui as ultimas informações que tenho sobre os antepassados deste ramo da nossa familia.
a minha bisavó da eira, maria joaquina da costa (1872-1900) nasceu aqui, filha de domingos josé da costa (1850-?) e de eufrazina roza de almeida (1847-?), alem da minha bisavó tenho informações dos seguintes filhos deste casal - ermelinda alves da costa, baltazar alves da costa (1878-?) casou com miquelina da costa barbeita da casa do paço vedro em 1902, margarida costa (1884-?) casou com manoel agostinho martins de vilarinho ribeira de pena e guilhermina costa (1885-?) casou com geronimo fernandes teixeira de rio mau em 1902.
o trisavô domingos era filho de maria joaquina fernandes, não tenho mais informações e de josé antonio alves da costa, filho de antonio josé da costa e de margarida cipriana alves, tinha pelo menos um irmão, agostinho(1830-?) capitalista morador na cidade do porto. a margarida era filha de manuel baltazar alves, capitão da casa da igreja e de benta clara alvares pereira meireles, esta era filha de antonio luiz pereira de meireles, do casal e de maria martins, o manuel baltazar era filho de manuel antonio martins, doutor do muro e de luiza alvares. o antonio josé da costa era filho de domingos da costa natural de santo estevão de vinhoz, antigo concelho de montelongo, agora pertence a fafe e de ana maria martins alves gonçalves, esta era filha de baltazar martins alves e de anna maria da casa do muro. o domingos da costa de vinhoz era filho de antonio da costa  e de maria de castro.
quanto à mãe da minha bisavó, eufrazina, era filha de michaela de almeida (1807-1863) natural da casa de crespos e moradora no casal, esta era filha de josé caetano de almeida costa e de escolástica da assunção borges, aquele de cerva esta de mondim de basto. ele filho de dionisio da costa ribeiro e marinha martins de almeida ela filha de manoel borges de azevedo e de angelica da conceiçao da silva.
por enquanto é tudo o que tenho desta parte da nossa familia.

terça-feira, fevereiro 09, 2010

como não há noticias de travassos aqui está uma sobre a minha loja...

terça-feira, dezembro 08, 2009

Pastor de Varzigueto ajudou a salvar militares perdidos na Serra


segundo o Jornal de Noticias:
Um pastor de Varzigueto, Mondim de Basto, ajudou a resgatar dois militares instrutores dos Comandos do Exército perdidos nas fisgas de Ermelo.
A operação durou toda a madrugada de ontem, segunda-feira, e acabou bem para todos.
Das zero às seis da manhã andou envolvido nas buscas dos dois militares numa zona que ele conhece desde miúdo.
"Ainda estava na cama quando a GNR de Mondim de Basto me veio perguntar se podia ir ajudar e eu aprontei-me logo", recorda o pastor. Chegado ao local, acompanhado também dos bombeiros de Mondim e de Vila Real, começou a percorrer os carreiros íngremes. Quando não mais podiam avançar (o local está cheio de escarpas) Sérgio pediu para que telefonassem para os militares, de modo a que eles tentassem localizar as lanternas dos bombeiros. "Eles estavam abrigados numa rocha e só quando telefonámos é que saíram". A operação de resgate envolveu a colocação de cordas e durou algumas horas. A noite, a chuva, o solo resvaladiço, o frio, tudo foi obstáculo aos salvadores dos militares. Mas não fosse o pastor de Varzigueto, o desfecho poderia ter sido bem pior. "Eles estavam enregelados, todos molhados e só com uma camisola de manga curta. Não sei se resistiriam ali muito tempo".
O porta-voz do Exército, tenente-coronel Hélder Perdigão, salientou que os dois militares tinham ido fazer o reconhecimento de um percurso na zona das Fisgas de Ermelo e que acabaram por ser surpreendidos pelo intenso nevoeiro. Como não conheciam o terreno e não possuíam equipamento adequado, optaram por pedir ajuda à GNR.

terça-feira, dezembro 01, 2009

descrição de travassos

segunda-feira, outubro 19, 2009

eleições para a freguesia do bilhó


... e o mário ganhou as eleições para a junta de freguesia do bilhó. vamos lá tentar melhorar o nivel de vida dos habitantes de travassos...
ps. em ermelo eleições à moda antiga...

15 de agosto 2009 capela do bilhó


casou o helder com a anabela. festa rija em dia de muito calor, um casamento muito bonito com a boda a decorrer na leira junto à casa da noiva.

domingo, setembro 06, 2009

ana e daniela


a ana e a daniela são do picota resolveram enviar algumas fotografias, que agradeço. demorei um pouco a publicar porque tive de trabalhar um pouco mais por causa das férias.
quanto à familia, penso que são netas de salvador teixeira da cunha que é filho de francisco teixeira da cunha (do picota) 1903-1985 e de eliza alves (do canto) ?-1985; o francisco era filho de josé teixeira da cunha (picota) 1872-? penso que este seria o dono da casa que agora é do brasileiro, e de isabel alves machado, esta era de paradança; o josé era filho de luiz teixeira, natural de cerva 1844-? e de thereza eugénia da cunha de carvalho, da casa do cunha 1837-?

sexta-feira, julho 31, 2009

adeus zé antonio


o meu amigo zé antonio deixou-nos este mês.

domingo, julho 05, 2009

festa 2009


acabei de receber o programa da festa deste ano:
sexta-feira 14 de agosto
8 horas alvorada com morteiros e música
20h30 missa cantada com o grupo coral e artistico nossa senhora da graça (vilarinho )
22h30 baile com actuação do grupo entrelinhas
sábado 15 de agosto
8 horas alvorada com morteiros e música
15 horas jogos tradicionais ( atletismo, malha, malhão, etc. )
22h30 baile com actuação do grupo nova imagem
domingo 16 de agosto
8 horas alvorada com morteiros e música
14 horas arruada com o grupo zés pereiras de vilarinho
14h30 missa solene em honra de santa bárbara, seguida de procissão pela aldeia
16h30 actuação do rancho folcrórico de vilarinho
22h30 baile com actuação do grupo m3
24 horas fogo de artificio